Aliados de Bolsonaro avaliam que Queiroz não esclareceu movimentações

Em entrevista concedida ao ‘SBT’, nessa quarta-feira (26), Fabrício Queiroz não esclareceu os depósitos de funcionários do gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro, em sua conta.

Membros da equipe de transição esperavam que o ex-assessor de Flávio explicasse movimentações de R$ 1,2 milhão feitas durante um ano em sua conta. Na entrevista, ele diz ser um “cara de negócios”, pois compra e vende carros.

Como apurado pelo Blog do Camarotti, no ‘G1’, aliados consideraram que as explicações dadas pelo ex-assessor não foram convincentes e por isso continuará criando uma agenda negativa para o futuro governo.

Um militar integrante da equipe de transição disse ao blog que Queiroz deveria ter apresentado todo o extrato bancário, dando explicações convincentes.

Contudo, eles acreditam que a entrevista de Queiroz pode tirar o foco da família Bolsonaro, pois o ex-assessor assumiu toda a responsabilidade sobre as movimentações financeiras.

Notícias ao Minuto

 

%d blogueiros gostam disto: