Antes de pegar o Leão, jogadores do Flu cobram salários atrasados

O volante Richard revelou nesta quarta-feira (5) que o elenco do Fluminense está com um mês de salário atrasado e pediu providências à diretoria do clube carioca. O jogador, contudo, garantiu que a pendência não vai atrapalhar a concentração do grupo para a partida contra o Vitória, nesta quinta, no Maracanã, pela 23ª rodada do Brasileirão.
“É uma coisa chata, para ser sincero. A gente depende disso. Não posso ser hipócrita em falar que não faz falta. Confiamos na diretoria, mas alguém tem de vir e falar algo para nós”, declarou Richard. “Os dias vão passando. A gente quer uma posição do lado de fora. Por mais que a gente esteja focado e eles tenham falado, queremos algo mais concreto.”

Apesar da insatisfação, Richard afirmou que o time manterá a disposição em campo para levar o Fluminense à briga pelas primeiras posições da tabela. “Independentemente do que ocorre fora de campo, temos nos dedicado e corrido em campo. O grupo está unido e estamos focados nos jogos”, declarou o volante.

Richard fez questão de destacar que os jogadores não pretendem reduzir o ritmo nos jogos para também não prejudicar a imagem dos atletas. “É a nossa cara que está sendo vista dentro de campo, é a nossa carreira, é o nosso trabalho. Então, temos de tentar deixar de lado ao entrar em campo”, disse o jogador.

Quanto ao jogo da quinta (6), Richard manteve o suspense imposto pelo técnico Marcelo Oliveira e não deu dicas sobre o trabalho que o treinador vem realizando nos últimos dias. “Fica meio difícil falar assim, senão o treino não teria sido fechado. Pouco antes do jogo vocês vão saber quem joga no lugar do Sornoza. Tenho certeza que quem entrar vai fazer um excelente jogo”, projetou o jogador, ao responder aos jornalistas sobre a formação da equipe.

A maior dúvida é quanto ao substituto de Sornoza, que será desfalque porque está integrado à seleção equatoriana. “O Sornoza é uma excelente pessoa, um excelente jogador. Nos ajuda muito. Felizmente para ele e infelizmente para nós, ele foi convocado. Mas quem entrar no lugar dele, vai suprir a ausência e fazer um bom jogo.”

Ainda no clima de mistério, Richard projetou duelo complicado contra o Vitória, que tem 25 pontos e está a apenas dois acima da zona de rebaixamento. “O Marcelo [Oliveira] treinou com a gente uma formação que vamos por em prática. Precisamos ter paciência, aproveitar as oportunidades. Brasileirão não tem jogo fácil. A gente precisa procurar pontuar, ainda mais dentro de casa”, declarou.

Vindo de um empate e uma derrota, o time carioca ocupa a 11ª colocação do Brasileirão, com 27 pontos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: