Bahia – Seis contratações acertadas, mais duas em fase final de negociação

Guilherme Bellintani contou que o Bahia deve investir em jovens com idade abaixo dos 23 anos — Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia

O Bahia ainda não anunciou reforços para a temporada 2019, o que não quer dizer que o clube não se movimenta nos bastidores em busca de novas peças. Em entrevista ao Programa do Esquadrão, o presidente tricolor, Guilherme Bellintani, afirmou que acertou com seis jogadores para a temporada 2019, enquanto outros dois estão em fase final de negociações. O anúncio oficial, no entanto, só deve ocorrer após a assinatura de contrato.

– A gente está na reta final do primeiro ciclo de contratações. Logicamente não vou anunciar nada hoje. Mas temos de cinco a seis contratações acertadas. Quando falo acertado, não é todas elas assinadas. Temos que cumprir os trâmites certinhos, a gente está nessa reta final. Temos seis contratações acertadas, mais duas em fase final de negociação. Em breve estaremos anunciando para a torcida, compreendo e é bom que a torcida tenha a preocupação nesse momento importante. Mas a gente só anuncia quando está assinado, preto no branco, a gente consegue fazer a transmissão da informação com segurança – comentou o dirigente.

Para iniciar a temporada 2019, o Bahia busca suprir algumas lacunas. As laterais foram desfalcadas com o fim do contrato de Bruno e a negociação de Léo para o São Paulo, que tinha os direitos ligados ao Fluminense e defendeu o time baiano por empréstimo. O meio-campo também demanda atenção, uma vez que Vinícius não deve renovar contrato, enquanto Zé Rafael foi vendido ao Palmeiras. Bellintani diz estar ciente das principais necessidades do grupo.

– A gente vai naturalmente fazer reposições, temos que fazer nas duas laterais. Perdemos o Bruno e o Léo. A gente pensa em trazer mais um zagueiro, mas é uma coisa que analisamos, estamos satisfeitos com o elenco que temos na zaga hoje. Não só de zagueiros experientes, mas também de jovens, como Everson, Ignácio, Jaques, essa nova geração. A gente tem também uma necessidade de repor o meio-campo. A gente precisa fazer investimento principalmente na posição de meia armador, meia-atacante. O ataque, também sempre temos dedicação especial. No geral, vamos anunciar contratações em várias posições. Esses nomes dessa primeira etapa fazem parte de um primeiro ciclo. Teremos um segundo ciclo, diferente do que fizemos no ano passado, quando trouxemos todos no início do ano. Guardamos um espacinho para dois ou três na segunda fase.

O presidente tricolor também avisou que o Bahia deve investir em atletas jovens, com idade abaixo dos 23 anos. O clube tem negociações com o atacante Artur Victor, do Palmeiras. A tendência é que o jogador desembarque no Fazendão por empréstimo de um ano. Bellintani não falou em nomes, mas disse que haverá uma mescla com peças mais experientes, como é o caso do atacante Guilherme, emprestado pelo Corinthians.

– A gente seguirá como foi em 2018, uma estratégia de montagem de elenco que não concentra um perfil específico. A gente não concentra apenas em jogadores jovens ou mais tarimbados. A formação de elenco contempla jogadores experientes e jovens. Fazemos uma mistura. Às vezes até por posição. Esse ano, na lateral direita, contratamos Nino, mais experiente, e João Pedro, mais jovem. Na esquerda, Mena, mais experiente, e Léo, mais jovem. Só para dar um exemplo de como vamos, dentro das possibilidades, mesclar isso. Nem sempre é possível, mas a gente vem tentando isso em cada posição. Investir em jovens abaixo de 23 anos, que às vezes sequer são conhecidos pela torcida, é um caminho interessante para a gente. A torcida verá a contratação de jogadores que às vezes ela sequer ouviu falar. Mas estamos em trabalho com o Dade, o Diego Cerri [diretor de futebol], o próprio Enderson Moreira [treinador], para fazer uma combinação e ter um elenco diversificado. Para ter jovens que às vezes não vão ter a responsabilidade de estar jogando na equipe titular, mas podem fazer algumas participações no Baiano, outras no Campeonato de Aspirantes ao longo de 2019. O elenco vai procurar dar as respostas ao longo de 2019 e plantar sementes para o futuro de forma bem variada.

O Bahia estreia na temporada no dia 16 de janeiro, contra o CRB, pela primeira rodada da Copa do Nordeste. O elenco tricolor se reapresenta no Fazendão na próxima quinta-feira.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: