Bebê morre após ter corpo perfurado mais de 30 vezes por agulha em UPA

Um bebê de 1 ano e 8 meses morreu na madrugada do último sábado (21) após ter o corpo perfurado mais de 30 vezes por agulha durante atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Breves (PA), a 220 km de Belém.

De acordo com o UOL, com informações da polícia, a criança deu entrada na unidade de saúde às 19h30 da última sexta-feira (20), mas só foi atendida às 22h. O bebê tinha vômito e diarreia.

As picadas de agulha, segundo as investigações, foram feitas por uma auxiliar de enfermagem que tentava encontrar uma veia da criança para aplicar medicação. A necropsia apontou que a morte ocorreu por choque hipoglicêmico decorrente de desidratação.

Notícias ao Minuto

A mãe, Andreia Lima Soares, de 32 anos, disse à polícia que houve negligência, pois o caso não foi tratado como emergencial.

Em nota, a prefeitura de Breves informou que a Secretaria Municipal de Saúde “abriu sindicância para apurar os fatos ocorridos e vem colaborando ativamente com a polícia nas investigações”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: