Bolsonaro cita ‘apoio voluntário’ ao falar sobre empresas no WhatsApp

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, usou sua conta no Twitter para comentar reportagem publicada pela Folha de S.Paulo nesta quinta-feira (18) sobre a compra, por empresas, de pacotes de disparos em massa de mensagens contra o PT no WhatsApp.

A prática é considerada ilegal já que se trata de financiamento empresarial de campanha, o que é proibido por lei, e, ainda por cima, não é declarado.

“Apoio voluntário é algo que o PT desconhece e não aceita. Sempre fizeram política comprando consciências. Um dos ex-filiados de seu partido de apoio, o PSOL, tentou nos assassinar. Somos a ameaça aos maiores corruptos da história do Brasil. Juntos resgataremos nosso país!”, afirma o post. Com informações da Folhapress.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: