Cantor sertanejo morre com tiro no rosto, em Goiânia

Foto: Reprodução

O cantor sertanejo e sanfoneiro Diego Souza de Sá, de 29 anos, morreu após levar um tiro no olho. A arma foi disparada por um amigo da família do artista, na terça-feira (13/10), dentro de um lava a jato em Goiânia, Goiás. A princípio, há a suspeita de que o disparo tenha sido acidental.
Segundo a Polícia Civil de Goiás, Diego estava acompanhando um primo que tinha ido buscar o carro no estabelecimento. No local, o dono do lava a jato, que é amigo dos dois, quis mostrar a arma calibre .38 que havia acabado de comprar. No entanto, o revólver teria disparado ao ser manuseado e a bala, atingido o rosto da vítima.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, o autor correu do local, supostamente para pedir ajuda, mas não retornou. Ele levou o revólver consigo. Segundo a Polícia Civil, o empresário pode responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Nas redes sociais, amigos e familiares de Diego lamentam a morte do cantor. “Vá em paz, meu amigo. Vá brilhar no céu do mesmo tanto que brilhou aqui na Terra. Deus conforte a família linda e amigos que deixou”, diz um comentário. “Foi cedo demais, meu amigo. Vai com Deus”, comentou outra pessoa. Diego era casado e deixa uma filha de 2 anos.

Fonte: Correio Braziliense

Compartilhe essa notícia
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta