Capital paulista tem 500 ônibus coletivos a menos, diz SPTrans

Subiu de 3% para 5% o total de ônibus que deixaram de circular na capital paulista na manhã desta quinta-feira (24), segundo balanço atualizado da SPTrans (companhia responsável pelo sistema de transporte). Por volta das 8h, dos 14 mil ônibus previstos, 500 não foram para as ruas. De acordo com a companhia, o problema já é registrado em todas as regiões da cidade, em consequência do desabastecimento da frota causado pela paralisação nacional dos caminhoneiros.

Na quarta-feira (23), a Prefeitura de São Paulo informou que 40% da frota de ônibus não iria circular nesta quinta. Concessionárias relataram falta de combustível que deve afetar os bairros de Cachoeirinha, Pirituba, Perus, Morro Doce (zona norte), São Miguel Paulista, Cidade Carvalho, Ponte Rasa, Cidade Patriarca e Guaianases (zona leste), Varginha, Grajaú e Parelheiros (zona sul) e Morumbi e Butantã (zona oeste).

No terminal Santo Amaro, na zona sul da capital paulista, os ônibus estão saindo com 17 minutos de atraso, em média. Segundo uma funcionária da SPTrans, a estratégia é segurar o máximo possível os veículos nas plataformas em razão da diminuição da frota.A chegada dos veículos também registra atrasos de até 50 minutos devido ao excesso de carros nas ruas da cidade após a suspensão do sistema de rodízio de carros. Com informações da Folhapress.

Deixe uma resposta