Cirurgia de Bolsonaro é adiada para 2019

Depois de realizar exames nesta sexta-feira (23) no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, Bolsonaro vai ficar mais um tempo com a bolsa de colonoscopia que usa desde que foi alvo de uma facada, no dia 6 de setembro. Médicos do hospital adiaram a cirurgia, que deve acontecer apenas em 2019. A operação, inicialmente, deveria ocorrer no dia 12 de dezembro.

O presidente eleito esteve por pouco mais de três horas na unidade hospitalar, onde fez se submeteu a tomografia e exame de sangue. Segundo o G1, Bolsonaro também consultou um gastroenterologista e um cardiologista. O boletim médico divulgado apontou que Bolsonaro está com uma inflamação, motivo pelo qual a cirurgia ficou para depois da posse.

Em Janeiro, ele deve retornar para mais exames pré-operatórios.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: