Com desfalques no meio, Bahia recebe Atlético-MG para se afastar do Z-4

Embalado pelos últimos bons resultados, o Bahia recebe o Atlético Mineiro nesta segunda-feira, às 20 horas, na Arena Fonte Nova, com o objetivo de se distanciar da zona de rebaixamento. A partida é a única do dia e fecha a 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O time baiano não disputou a última rodada da competição nacional pois teve compromisso pela Copa Sul-americana na quarta-feira, quando venceu o Cerro, do Uruguai, por 2 a 0 no jogo de ida da segunda fase do torneio intercontinental.

Sob o comando de Enderson Moreira, o Bahia tem crescido de produção na temporada. Na retomada das competições após a Copa do Mundo, os baianos se mantêm invictos: empataram uma partida e venceram outras duas, incluindo o clássico com o Vitória, que terminou com goleada por 4 a 1 e ótima atuação na Fonte Nova.

O técnico tem mais problemas no meio-campo para escalar a equipe. Enderson convocou 20 jogadores para o duelo e não poderá contar com Zé Rafael e Lucas Fonseca, suspensos, Douglas, Nino Paraíba e Kayke, machucado, além de Edson, liberado pelo clube para participar de uma audiência judicial no Piauí.

O argentino Allione desfalca o time por outro motivo: com proposta do Racing, equipe do seu país, o meia pediu para não jogar e deve ter o futuro definido nos próximos dias.

A grande esperança de gols do Bahia é o centroavante Gilberto, que chegou no começo de junho e não precisou de muito tempo para cair nas graças da torcida. Ele balançou as redes nos três jogos em que atuou – um em cada, contra Chapecoense, Vitória e Cerro – e está confirmado para o duelo.

Ainda não se sabe se Enderson escalará Gilberto com Edigar Junio, formando um dupla de ataque, ou deixará o centroavante mais isolado, mandando a campo um trio de meio-campistas. Com informações do Estadão Conteúdo.

Deixe uma resposta