“Dedo do meio para quem não usa máscara”: campanha é suspensa em Berlim

Foto: Reprodução

Berlim teve que suspender uma campanha publicitária depois de causar polêmica com um anúncio ousado. Uma senhora levanta o dedo do meio para quem não usa máscara. Nos cartazes constam as seguintes frases: “Nós obedecemos às normas (de prevenção ao) coronavírus” e “Um dedo do meio erguido a todos que estão sem máscara”.
A campanha publicitária é do escritório oficial de turismo de Berlim, a Visit Berlin, e foi lançada em um jornal da cidade na terça-feira (13/10). Mas muitos alemães consideraram a campanha ofensiva e fizeram reclamações nas redes sociais.

O porta-voz da Visit Berlim, Christian Tanzler, disse à BBC que a ação quis ser provocativa para alertar dos perigos de não usar a máscara. “A maioria dos berlinenses e de nossos convidados respeita e segue as regras (de prevenção ao) coronavírus, mas algumas pessoas, não. Essas pessoas arriscam as vidas dos mais velhos e das pessoas de grupo de risco. Queríamos chamar atenção para esse problema. Por isso, escolhemos essa ação provocativa”, disse.

Já o prefeito de Berlim, Michael Müller, classificou o anúncio como “embaraçoso”. O político disse à emissora pública RBB que o Senado da capital alemã não havia encomendado a campanha de informação pública. “Poderia haver maneiras mais afortunadas de chamar a atenção para a urgência” da situação, disse Müller.

A Alemanha tem registrado novos casos de covid-19. Até o momento, o país já teve 349 mil infecções confirmadas da doença.

Fonte: Correio Braziliense

Compartilhe essa notícia
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta