Defesa de Lula tem até hoje para pedidos em ação de Sítio de Atibaia

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de outros réus do processo da ação do sítio de Atibaia (SP) têm até segunda-feira (19) para solicitarem as diligências complementares, ou seja, pedidos de esclarecimentos ou provas em relação ao processo.

Na quarta-feira (14), a juíza federal Gabriela Hardt, substituta do juiz Sérgio Moro, interrogou Lula e o pecuarista Bumlai.

O próximo passo da ação são as alegações finais, em que o MPF (Ministério Público Federal) e as defesas apresentam as argumentações a serem considerados pela Justiça.

Sítio

Durante o interrogatório, que foi marcado por um embate entre Lula e a juíza, o ex-presidente negou que é dono do imóvel e também disse que não acreditava que a ex-primeira-dama Marisa Letícia tenha pedido para que as construtoras fizessem reformas no local.

O ex-presidente e mais 12 réus respondem ao processo, entre eles os empresários Marcelo e Emílio Odebrecht e Léo Pinheiro, da OAS. As acusações são dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

O sítio foi alvo das investigações da Operação Lava Jato, que apura a suspeita de que reformas no imóvel foram pagas por empreiteiras investigadas por corrupção, como a OAS e a Odebrecht.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: