Delegada da equipe de Moro diz que muitos querem roubar o Brasil

A delegada da Polícia Federal Erika Mialik Marena, que ganhou destaque à frente da Lava Jato e foi chamada para integrar a equipe do futuro ministro Sérgio Moro, afirmou na manhã desta sexta-feira (23) que ainda existe “muitas pessoas dispostas a roubar este país”, durante um simpósio sobre combate à corrupção promovido pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) no Rio de Janeiro, segundo UOL.

Marena afirmou ainda que a principal missão das instituições democráticas será “semear o inconformismo” da população em relação à corrupção e que a sociedade não pode ficar “anestesiada”. “Espero que a herança da Lava Jato seja o inconformismo com essa situação e que o governo seja comprometido com o combate à corrupção. Ainda há muitas pessoas dispostas a roubar esse país”, declarou.

Sob comando de Moro, Erika foi convidada a chefiar o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), órgão da Polícia Federal tido como estratégico no combate a crimes internacionais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: