Depois de Fernando Miguel, Cleiton Xavier deve ser o próximo a sair

Quatro anos depois de chegar à Toca do Leão, Fernando Miguel encerrou oficialmente seu vínculo com o Vitória. Nesta terça-feira, 8, o goleiro assinou a rescisão com o clube e embarcou para o Rio de Janeiro, onde vai defender o Vasco.

Ao todo, foram 151 partidas com a camisa do Leão. Jogos que renderam dois títulos estaduais e um acesso para Série A. Antes de partir rumo ao novo desafio, o goleiro falou sobre sua longa passagem pelo Rubro-Negro.

“Deixo o Vitória com a cabeça erguida e feliz por tudo que passei no clube. Me dediquei e honrei essa camisa do primeiro ao último jogo na equipe”, disse o arqueiro, que também mandou uma mensagem para os torcedores e funcionários do Leão.

“Agradeço aos funcionários, jogadores, diretores, treinadores e ao torcedor, que sempre teve respeito por mim”.

O clube usou as redes sociais para agradecer ao goleiro pela “contribuição dada à história do Leão”, como dizia trecho da nota divulgada.

O próximo a deixar o time deve ser Cleiton Xavier. O meia chegou ao Leão em 2017 como grande contratação para temporada, mas sofreu com lesões e não conseguiu corresponder ao valor investido em sua contratação.

Cleiton tem um dos maiores salários do elenco e esteve em campo apenas durante 22 minutos na atual temporada.

Aos 35 anos, o alagoano revelado pelo CSA deve defender o rival CRB, que disputa a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. O contrato com o novo clube será de empréstimo, até o fim da temporada. Já o vínculo com o Leão segue até julho de 2019.

Questionada sobre a transferência, a assessoria do Vitória disse nesta terça que o rubro-negro ainda estava em busca de um clube para o meia.

Possível chegada

Com a saída de Fernando Miguel, o Vitória agora se concentra em achar um novo nome para disputar posição com Caíque, que atualmente figura como titular absoluto do time.

A especulação atual gira em torno de Elias, goleiro de 22 anos revelado pelo Juventude, e que atualmente é terceira opção na Chapecoense.

Preparação

Entre chegadas e partidas, nesta terça o elenco seguiu a preparação para partida desta quinta, 10, contra o Corinthians, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

O técnico Vagner Mancini comandou um trabalho tático com equipes de oito jogadores e também testou a formação para partida desta quinta.

O Rubro-Negro chega para o confronto decisivo em um péssimo momento na temporada. São apenas dois triunfos nos últimos dez jogos. Apesar da fase ruim, o meia Yago garantiu que o time está preparado para conseguir um bom resultado.

“Acho que todos estão motivados, independente dos resultados. Não estão vindo como a gente gostaria, mas eu tenho certeza de que motivação não pode faltar para esse jogo de quinta-feira”, destacou o meia do Vitória.

Como empatou sem gols no Barradão, o Leão precisa de um triunfo por qualquer placar para avançar. Em caso de um novo empate, a decisão vai para os pênaltis.

Deixe uma resposta