Equipe usa drone para pedir socorro no meio do Pantanal

Equipe usa drone para pedir socorro no meio do Pantanal

Uma equipe de gravação especializada em imagens aéreas do Pantanal sul-mato-grossense ficou presa no meio da planície alagável e precisou contar com a ajuda de um drone para pedir socorro. O dono da produtora com sede em Campo, o motorista, o cinegrafista e o guia local estavam em uma caminhonete que ficou atolada na região do Parque Estadual do Rio Negro.

Eles estavam indo em direção a uma fazendo para gravar imagens que seriam usadas em documentário quando ficaram presos em um local sem sinal de celular.

Segundo conta o G1, o grupo demorou cerca de duas horas até encontrar uma alternativa para ser socorrido. Eles usaram um drone com uma mensagem para pedir ajuda. “Estamos atoladados na entrada da Fazenda Santa Luzia. Nos ajude!”, escreveu o dono do equipamento em um bilhete.

“Eu vi que não tinha saída, a caminhonete não ia nem pra frente e nem para trás, foi aí que tivemos a ideia de usar o drone. Eu decolei o equipamento e saí sem rumo, fui olhando pelo visor. O drone ficou sobrevoando cerca de 4 km. Foi quando eu avistei um ponto branco próximo, eu baixei o equipamento e era um homem perto de uma cerca”, revelou Alberto Marques Escalante, dono da produtora.

O drone retornou para a equipe ainda com o bilhete e, 30 minutos depois, um trator chegou ao local. O peão disse que levou um grande susto e leu a mensagem.

O cinegrafista Valdec Junior contou que o pantaneiro “quase morreu do coração”, que nunca tinha visto um drone na vida.

O bilhete no drone surtiu efeito e o grupo foi resgatado com o auxílio de uma corda. Segundo destaca o G1, o resgate no Pantanal aconteceu há duas semanas, porém, a história ganhou destaque nesta terça-feira (24), após ter sido divulgada nas redes sociais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: