‘Estou ao lado dos caminhoneiros’, assume ex-ministro de Temer

Ex-ministro-chefe da Secretaria de Governo do presidente Michel Temer (MDB), o deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB-BA) disse, na manhã deste sábado (26), que o Brasil vive atualmente uma das fases mais agudas e intensas do período republicano. De acordo com o congressista baiano, a greve dos caminhoneiros significa uma “tragédia” no agronegócio e todas as decisões tomadas pelo Palácio do Planalto têm agravado a situação.

Para o parlamentar, a paralisação da última semana surpreendeu pelo grande apoio popular. Ele teme que o movimento seja um combustível para manifestações populares. “Se vier rua, vai agravar mais ainda uma situação, que já é difícil. Mas estou ao lado dos caminhoneiros”, admitiu o tucano, em entrevista coletiva aos participantes da Escola Metrópole de Comunicação .

A greve dos caminhoneiros chega ao sexto dia em todo o país e traz impactos que atingem não só a economia brasileira, como o dia-a-dia da população. Na Bahia, cerca de 2 mil postos já estão sem gasolina e etanol, segundo Sindicato do Comércio de Combustíveis e Energias Alternativas e Lojas de Conveniência do Estado (Sindicombustiveis Bahia).

Renovação – O deputado destacou ainda a mudança na legislação de financiamento de campanhas como um dos empecilhos da renovação política. Com o fim do financiamento privado de campanhas políticas, em que a única fonte de recursos será o fundo partidário, ele acredita que os candidatos que já têm mandato serão priorizados pelos partidos. “Dificilmente haverá renovação política na eleição deste ano”, projetou o tucano.

Na avaliação do parlamentar, aos novatos na disputa eleitoral, restam meios de comunicação alternativos. “As redes sociais são importantes, mas não suficientes”, disse Imbassahy. A televisão ainda é o principal meio de informação de 63% dos brasileiros, de acordo com dados da Secretária de Comunicação Social do governo federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *