Falsa médica com duas passagens pela polícia é presa em Campinas

Uma falsa médica foi presa nessa quarta-feira (23), em Campinas, interior de São Paulo, após exercer a profissão ilegalmente por mais de um ano. Thaisa Daher do Prado, 40 anos, foi denunciada por outra médica, que prestou queixa na delegacia na terça-feira (22).

A farsa foi descoberta depois que uma enfermeira percebeu que a suspeita usava o nome e CRM da profissional que denunciou o caso. Na casa da mulher, foram encontrados dois carimbos com CRM com nomes de médicas que se chamam Thaisa. Nas redes sociais, a suspeita sustentava a mentira e postava fotos com jaleco e equipamentos médicos.

À polícia, ela disse que se formou na Suíça em Medicina. Thaisa tem duas passagens por estelionato, segundo a Polícia Civil, e prestava assessoria médica em um grupo de Campinas. Após depor, a suspeita, indiciada por exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica, foi liberada por não ter sido presa em flagrante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *