Família busca por mulher levada durante assalto em Camaçari

A analista de recursos humanos Rejaneia Conceição da Paixão, 36 anos, está desaparecida desde às 3h da madrugada deste domingo (13), quando foi levada por quatro homens armados durante um assalto no bairro Parque Verde, em Camaçari, na região metropolitana de Salvador. Segundo familiares, a mulher estava em um aniversário e foi abordada pelos bandidos enquanto entrava no carro com outros três amigos.

Ainda de acordo com familiares, dois dos amigos de Rejaneia foram colocados dentro porta-malas do carro, um Fiesta preto com placa NTH-0571. Ao chegar no local conhecido como Estrada da Cetrel, os bandidos deixaram os amigos de Rejaneia para liberar espaço no veículo e seguiram com ela na direção. Os três foram resgatados por familiares.

“Eles ouviram os assaltantes falando que iriam atrás de um rapaz chamado ‘Coroa’ e seguiram sentido orla”, contou uma amiga que preferiu não se identificar. Desde então, amigos e familiares estão desesperados em busca do paradeiro de Rejaneia.

Segundo a família, a PM foi acionada e chegou a fazer buscas na região pelo carro e a mulher desaparecida. Mas nada foi encontrado. Os celulares das vítimas que chegaram ficar refém dos bandidos também não foram rastreados. “O celular dela não tem GPS e os outros desligaram. Nos estamos aguardando. A polícia disse que está fazendo buscas”, explicou Roselane Paixão, irmã de Rejaneia.

Um boletim de ocorrência foi registrado na 18ª Delegacia de Camaçari. “A polícia ja autorizou fazer publicações nas redes sociais com informações e fotos dela. Eles também orientaram que ficássemos em casa esperando notícias”, completou a amiga da família. Em nota, a PM informou que quem está à frente do caso é a Polícia Civil. Até a publicação, o CORREIO não conseguiu contato com a delegacia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *