Globo declara guerra e proíbe atores de participarem em produções da Netflix

A Globo está cansada de ver seus atores e atrizes brilhando na Netflix e vai endurecer o jogo. De acordo com o colunista Fernando Oliveira, da Folha de S. Paulo, a emissora decidiu não autorizar a participação dos contratados nas produções da plataforma de streaming. Assim, quem quiser atuar em filmes e/ou séries da Netflix, terá que, antes, rescindir o contrato.

A decisão vem logo após a saída de Marco Pigossi, da Globo, para estrelar a série australiana “Tidelands” na Netflix. Ele era um dos principais galãs da emissora, com atuações de destaque nas novelas “A Força do Querer” e “A Regra do Jogo”, além da minissérie “Onde Nascem os Fortes”.

Segundo fontes de dentro da emissora, vários atores já recusaram propostas de até R$ 350 mil por temporada da Netflix para não ter de abrir mão da estabilidade de um contrato com a empresa carioca.

A ideia da companhia é aumentar o investimento na produção de séries para o GloboPlay (seu próprio serviço de streaming) e utilizar os atores que não possuem espaço na grade da emissora para a TV aberta.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: