Joesley é condenado a pagar R$ 300 mil a Temer por danos morais

Desembargadores do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios condenaram, por 3 votos a 2, o empresário Joesley Batista a pagar uma indenização de R$ 300 mil ao presidente Michel Temer (MDB). As informações são da jornalista Thais Arbex para a coluna Painel, do jornal “Folha de S. Paulo”.

O emedebista processou o principal delator da JBS por causa de uma entrevista à revista “Época”, na qual Joesley acusou o presidente de chefiar “a maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil”.

Temer havia perdido na primeira instância, recorreu e agora ganhou. No entanto, cabe recurso.

A defesa de Temer no processo disse ao jornal que o tribunal acatou o entendimento de que Joesley “não poderia usar a imprensa para propagar as acusações de sua delação”.

Deixe uma resposta