Jovem se esfaqueia para provar que facada de Bolsonaro foi falsa, veja o resultado

Um homem inconformado por a facada de Bolsonaro não ter saído sangue resolve se esfaquear e provar para os amigos que a facada foi falsa, após se alto desferir a facada, Denilson Lopes não resistiu ao ferimento e acabou vindo a óbito.

Foi durante uma discussão entre amigos na rua, em frente a residencia onde Denilson mora, em Bom Lugar-MA que o jovem revoltado resolveu se esfaquear para provar que uma facada de verdade sai sangue, o jovem acabou tendo razão pois a sua facada teve bastante sangramento mas lastimavelmente Denilson não resistiu e acabou morrendo.

Nas Redes Sociais o jovem vinha acompanhando o acontecimento e sempre criticando e suspeitando do fato da facada do candidato Bolsonaro não ter saído sangue, eles compartilhou diversas noticias afirmando que a facada foi FAKE.

Denilson era pedreiro, solteiro e não tinha filhos, a família do jovem está bastante abalada e não quis falar com a imprensa.

 

 

É, porém se trata de uma notícia falsa, a famosa

FAKE NEWS.

Circula nas redes sociais a informação e uma imagem de que um jovem maranhense teria morrido nos últimos dias ao desferir uma facada contra si próprio para “provar” que a facada que o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, recebeu na última quinta-feira (6) em Juiz de Fora (MG) foi falsa.

IMPORTANTE: A Lupa sugere cuidado às pessoas mais sensíveis e aos menores de idade. A imagem publicada nos links abaixo pode ser considerada forte.

Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Jovem se esfaqueia para provar que facada de Bolsonaro foi falsa e acaba morrendo”

A imagem analisada pela Lupa e publicada pelos sites e páginas listados acima como sendo a de um rapaz que “se esfaqueou e acabou morrendo” em decorrência do ataque cometido contra Bolsonaro já circula na internet desde março de 2016. A fotografia não tem sinais de adulteração, mas está sendo usada fora de contexto.

Originalmente, a imagem foi publicada pelo site Rondônia Ao Vivo, atrelada à informação de que um homem de 28 anos havia sido esfaqueado em uma discussão de bar ocorrida na cidade de Porto Velho. A nota conta que o homem foi socorrido, sem especificar se ele sobreviveu ou não ao ferimento.

Não há, portanto, qualquer relação da imagem ou do indivíduo que nela aparece com o atentado cometido contra Bolsonaro na tarde do dia 6 de setembro. Assim como não há provas de que o homem veio a falecer.

Verificação semelhante foi realizada pelos sites e-Farsas e Boatos.org.

*Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Cristina Tardáguila e Clara Becker

 

FONTE LUPA

Deixe uma resposta