Mãe acusa professora de colar boca da filha de 4 anos com esparadrapo

Mãe acusa professora de colar boca da filha de 4 anos com esparadrapo

Uma professora foi afastada da escola Francisco Tavares de Oliveira, em Jandira (SP), após ter colado um esparadrapo na boca de uma garota de 4 anos para calá-la.

“Vó, a tia colou minha boca com fita porque eu estava falando muito. E eu fiquei muito triste porque os meus amiguinhos todos riram de mim. E doeu muito quando ela tirou a fita, antes de eu sair da escola”, queixou-se Noemi para a avó ao chegar da escola, segundo depoimento postado pela mãe da menina, Jéssica Araújo, em seu perfil no Facebook.

Segundo o site da “Crescer”, Jéssica disse que registrou a ocorrência em uma delegacia próxima da casa dela e levou a criança para um exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).

A criança apresentava marcas de cola na boca na última quinta-feira (30). “Imaginem como eu e o pai dela ficamos. Quem me conhece sabe que eu sou explosiva e que calma não é meu forte. O pai dela, é a mesma coisa, ainda mais nessa situação. Para mim, não importa o motivo pelo qual ela fez isso. Não me interessa mais porque nada do que minha filha fizesse daria a ela o direito de colar com fita adesiva a boca de uma criança de 4 anos. No caderno, não tem nenhum bilhete sobre mau comportamento da Noemi. Se ela estava indisciplinada, eu, que sou mãe dela, iria corrigir e educar”, declarou a mãe.

A Prefeitura de Jandira afirmou que afastou imediatamente de suas funções a servidora envolvida. Contra a funcionária será aberta uma sindicância interna para apurar responsabilidades.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: