Maia defende aumento do tempo de TV nas eleições 2020 por conta da pandemia

Em reunião com os presidentes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, defendeu aumentar o tempo de TV disponível para os partidos fazerem campanha nas eleições de 2020.

O aumento do tempo de televisão seria uma forma de compensar as restrições à campanha corpo a corpo, que deverão ser impostas por causa do coronavírus.

Em entrevista coletiva o presidente afirmou que considera a ideia boa. “Nós vamos ter mais dificuldade mesmo no momento de queda da curva, mesmo com a eleição adiada para a queda da curva, de aglomeração, de proximidade. Talvez ampliar não o prazo da televisão, mas o tempo de televisão durante o dia. Ou aumentar mais 5 dias a televisão.”

O tempo de TV é bancado pelo poder público por meio de renúncias fiscais concedidas às emissoras.

O presidente da Câmara afirmou que o ideal seria começar a discutir no Congresso a data da eleição em até duas semanas, diz o site Poder360. Para que a data seja alterada, é necessária a aprovação de uma emenda constitucional.

Segundo o site, Maia defende adiar as eleições para os dias 15 de novembro (1º turno) e 6 de dezembro (2º turno), mas que essa é uma decisão do plenário. O calendário estipulado antes da pandemia coloca o 1º turno em 4 de outubro e o 2º no dia 25 do mesmo mês.

Compartilhe essa notícia
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta