Maradona deixa clube da 2ª divisão por não conseguir acesso

A carreira de Diego Maradona como treinador teve mais um episódio encerrado nesta sexta-feira, e, novamente, sem sucesso. O craque argentino entregou o cargo no Al Fujairah, da segunda divisão dos Emirados Árabes Unidos, após falhar na tentativa de levar o clube à elite.

Terceiro colocado no campeonato, o Al Fujairah precisava vencer o Al Khaleej nesta sexta-feira para ir à primeira divisão, mas não passou de um empate em casa. O resultado impediu a ascensão do clube e colocou fim à trajetória de Maradona por lá, como informou seu advogado, Matias Morla.”Depois do empate de hoje e de não ter alcançado o objetivo de ascender o Al Fujairah, Diego Maradona deixará de ser o treinador da equipe. A decisão foi tomada em comum acordo e Diego deixa a equipe desejando o melhor ao clube que lhe abriu as portas”, informou através de sua página no Twitter.

Um dos grandes nomes da história do futebol como jogador, Maradona ainda não teve sucesso na função de treinador. Este foi o quinto trabalho do craque neste cargo, com destaque para a seleção argentina, que levou às quartas de final da Copa do Mundo de 2010. Ele ainda comandou o pequeno Deportivo Mandiyú, da Argentina, o Racing e o Al Wasl, também dos Emirados Árabes.

No Al Fujairah, foram 11 vitórias e 11 empates em 22 partidas disputadas na segunda divisão. “Os números de Maradona no Al Fujairah falam claramente de uma campanha histórica para o clube”, considerou Morla. Com informações do Estadão.

Deixe uma resposta