Médica morta no CE por Covid-19 apontada bolsonarista fazia máscaras para distribuir

Informações levantadas pelo historiador Carlito Neto indicam que são falsas as informações de que a médica cearense Lúcia Dantas Abrantes, de 66 anos, que morreu nesta sexta-feira (10) por complicações da Covid-19, era bolsonarista, minimizava o novo coronavírus e defendia o fim do isolamento.

No perfil da médica nas redes sociais ela chegou a compartilhar um vídeo em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pede para que as pessoas fiquem em casa. No perfil de Lúcia há também publicações com críticas ao ministro da Justiça Sergio Moro e ao presidente da República Jair Bolsonaro.

O jornalista Guga Noblat compartilhou imagens e prints em que a médica aparece defendendo o isolamento social e fabricando máscaras para distribuir na cidade de Iguatu, no Ceará.

Carlito Neto teve acesso a familiares da médica que informaram que ela inclusive havia sido filiada ao Partido dos Trabalhadores.

Deixe uma resposta


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/brasilno/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757