Médico peruano procurado por abusar de pacientes é preso em hospital

O médico peruano Homero Reynaldo Ordonez Ramos, de 53 anos, procurado pela Justiça por abusar de pacientes, foi preso nessa quinta-feira (26) no Hospital Municipal de Colniza, a 1.065 km de Cuiabá (MT).

De acordo com o G1, a polícia recebeu a denúncia que o médico prestava serviços clínicos no local. Homero tinha um mandado de prisão em aberto e foi condenado a cumprir seis anos de prisão.

A Polícia Civil informou que o médico prestava serviços no hospital municipal e em um hospital particular. Ele morava na cidade há apenas duas semanas.

Ainda segundo a publicação, as vítimas eram abusadas enquanto estavas sedadas. Os primeiros abusos ocorreram na cidade de Buritis, em Rondônia. Depois, Homero se mudou para Araras, em São Paulo, e continuou cometendo os crimes.

A prisão do médico estava decretada pelo juiz Rafael Pavan de Moraes Filgueira, da comarca de Araras. Desde então era considerado foragido pela Justiça. Na mesma decisão, o magistrado havia decretado a suspensão do exercício médico do acusado.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: