Médicos cubanos choram em festa de despedida com colegas de trabalho em unidade de saúde

Os 10 médicos cubanos que trabalhavam na rede de saúde de Campo Limpo Paulista (SP) se despediram com festa e emoção nesta sexta-feira (23). A prefeitura organizou um café da manhã para que os profissionais pudessem dar adeus aos colegas de trabalho.

O Ministério da Saúde abriu 74 vagas para os 14 municípios da região de Jundiaí e Sorocaba. Enquanto os novos médicos não chegam, o secretário de saúde de Campo Limpo Paulista explicou que a prefeitura vai fazer um remanejamento dos profissionais brasileiros que já atuam nas unidades básicas.

“A gente vai embora com a satisfação que aprendemos muito”, disse o clínico geral Manoel de Jesus Cumba.

Essa foi a última vez que Manoel abraçou os colegas de trabalho antes de voltar para Cuba. O clínico conviveu por quatro anos com eles, período que trabalhou na Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Marieta.

Quem está na mesma situação é a médica Rosália Sale Portuando. Para a clínica geral, o dia também foi de despedidas e aperto no coração.

“Por outro lado, ficamos feliz porque fizemos amizades, trabalhamos e achamos que o povo brasileiro ficou bem grato com nós e nós também ficamos gratos”, conta.

O Ministério da Saúde também divulgou que 92% das vagas para o programa Mais Médicos foram preenchidas.

Até as 17h desta sexta-feira (23), o site recebeu o cadastro de 25.901 médicos com registro (CRM) no Brasil. As inscrições, que iriam até domingo (25), foram prorrogadas até 7 de dezembro devido a ataques cibernéticos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: