Moro condena 13 réus em ação penal da Lava Jato

O juiz federal Sérgio Moro condenou 13 réus da Operação Lava Jato. Entre eles estão o ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, e o ex-executivo da construtora OAS, José Aldemário Pinheiro Filho, conhecido como Léo Pinheiro, sentenciados pelos crimes de corrupção passiva e ativa, respectivamente.

No despacho, o magistrado ressaltou que a prática do crime de corrupção que incide sobre Duque e Léo Pinheiro envolveu o pagamento de R$ 20.658.100,76. “Um valor muito expressivo a executivos da Petrobras e a agentes políticos”, afirmou.

Os investigados foram alvo da Operação Abismo, a 31ª fase da Lava Jato, deflagrada em julho de 2016. O processo investiga crimes de organização criminosa, cartel, fraudes licitatórias, corrupção e lavagem de dinheiro por meio de contratos da Petrobras.

Deixe uma resposta