Moro é homenageado em Mônaco e fica no camarote da realeza

O juiz federal Sergio Moro foi homenageado na quarta edição do Brasil Mônaco Project, no último fim de semana.

De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, o magistrado assistiu a um concerto no camarote real da Opera Garnier, no cassino Monte Carlo, ao lado do príncipe Albert 2º. Os convites para o evento foram vendidos por 1 mil euros.

Após a apresentação, Moro participou de um jantar e de um leilão beneficente. Em breve discurso, agradeceu as contribuições de Mônaco nas investigações da Lava Jato. Em 2015, a força-tarefa deflagrou a operação Conexão Mônaco e prendeu o ex-diretor da Petrobras Jorge Luiz Zelada. Ele e outros chefes da estatal tinham dinheiro no principado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *