Mourão se diz ‘impressionado’ após reunião com cúpula da Petrobras

O vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, disse ter ficado “muito bem impressionado” após reunião com a cúpula da Petrobras na manhã desta sexta (9). Ele elogiou a gestão da estatal, ao afirmar que o processo de recuperação financeira da companhia pode servir de exemplo para o governo Jair Bolsonaro.

Foi o primeiro encontro de representante da equipe de transição com a direção da estatal, que vive a expectativa de mudanças com o novo governo. Mourão diz que ainda não há definição sobre novos nomes para a diretoria e não descartou a permanência de executivos da gestão atual.

“Tem muita gente boa no mercado e dentro da empresa, na própria equipe que está aí.”

Na reunião, que teve a participação do presidente da estatal, Ivan Monteiro, e de seus sete diretores, Mourão ouviu uma apresentação sobre a situação financeira e os planos de investimentos futuros.

“Saí muito bem impressionado”, escreveu o vice-presidente eleito em uma rede social logo após o encontro. Mais tarde, afirmou à reportagem ter ficado “satisfeito com o processo de recuperação da empresa, que foi destruída pelos governos anteriores”.

Ao ser questionado se achava que o modelo de gestão atual poderia ser mantido, disse que ele “serve de exemplo para o próprio governo”, que terá de lidar com a crise fiscal.

Na terça (6), a Petrobras anunciou lucro de R$ 6,6 bilhões no terceiro trimestre, abaixo do esperado pelo mercado para o período, mas 25 vezes maior do que no mesmo trimestre do ano anterior.

O resultado teve o impacto negativo de acordo de R$ 3,5 bilhões para encerrar investigações sobre corrupção nos Estados Unidos. A companhia anunciou ainda a distribuição de R$ 1,3 bilhão aos acionistas pelo resultado do trimestre.”

O mandato da atual direção da companhia vence em março de 2019, mas há no mercado a expectativa de mudanças já no início do governo. Com informações da Folhapress.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: