Mulher é sufocada até a morte após olhar celular do namorado

Um homem foi preso suspeito de matar a namorada asfixiada em Patos, no Sertão Paraibano. Embora o crime tenha ocorrido na última terça-feira (26), ele só foi descoberto nesta sexta. A morte está sendo tratada como feminicídio.

A Polícia Civil informou que a morte ocorreu após uma discussão do casal dentro do apartamento onde moravam. A briga teria ocorrido pois a mulher, de 31 anos, viu contatos de mulheres na rede social do suspeito. Kelvy Ubiraci Gomes de Vasconcelos, de 26 anos, confessou o crime e foi preso de forma preventiva.

De acordo com o G1, o tio do suspeito, Alan Gomes Alves, de 24 anos, também foi preso suspeito de ajudar Kelvy a ocultar o cadáver da vítima. A polícia informou que os dois suspeitos colocaram o corpo dela dentro de um tonel de plástico e usaram carroça de tração animal para levá-lo até o sítio Martins, localizado na zona rural de Patos. Em seguida, os criminosos enterraram o corpo dela no leito do rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *