Nico López marca no último lance, e Inter ganha do Vitória por 3 a 2

Em um jogo de muitas alternativas, o Internacional bateu o Vitória por 3 a 2, nesta quarta-feira, no estádio Barradão, em Salvador, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O time visitante chegou a abrir dois gols de vantagem, perdeu um pênalti e sofreu o empate, mas buscou a vitória no último lance com o atacante uruguaio Nico López.

Com mais uma derrota, o Vitória segue perigosamente perto da zona do rebaixamento. O time baiano tem oito pontos, apenas dois a mais do que o Santos, que abre a degola e joga nesta quinta-feira contra o Atlético Paranaense, em Curitiba. O Internacional, com 14, volta a figurar entre os primeiros colocados.

Após um início de jogo movimentado, com os dois times procurando o gol, foi o Internacional que largou na frente com Patrick. O atacante Rossi tocou para o lateral-direito Zeca, que cruzou na medida para o volante completar de primeira e estufar as redes.

Embalado pelo primeiro gol, o time visitante passou a pressionar e ainda ampliou na primeira etapa. Aos 38 minutos, Lucca cruzou e o zagueiro Aderllan tentou cortar, mas acabou marcando gol contra. O resultado poderia ter ficado ainda mais elástico dois minutos mais tarde, quando Rossi foi derrubado dentro da área e o árbitro paulista Raphael Claus marcou pênalti. O próprio Rossi cobrou, mas acertou o travessão.

O Vitória respondeu no último minuto do primeiro tempo e descontou o placar. Wallyson cobrou falta, a bola desviou em Zeca e traiu o goleiro Danilo Fernandes, morrendo no fundo do gol.

O Vitória voltou para o segundo tempo determinado a empatar e pressionou até os 13 minutos, quando Aderllan se redimiu. Lucas Fernandes cobrou escanteio da esquerda e o zagueiro subiu mais que a marcação para completar de cabeça.

A equipe baiana seguiu em cima até o apito final, mas não conseguiu mais vazar o gol de Danilo Fernandes. Fechado, o Internacional se aproveitou de um contra-ataque e garantiu a vitória no último lance. Nico López, que entrou no segundo tempo, ganhou da marcação na velocidade e tocou na saída do goleiro Elias, que ainda tocou na bola, mas não evitou a derrota.

Os dois times voltam a campo neste final de semana, pela nona rodada do Brasileirão. Neste sábado, o Internacional recebe o Sport, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. No domingo, o Vitória vai ao estádio da Vila Belmiro, em Santos, para enfrentar o Santos.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 2 x 3 INTERNACIONAL

VITÓRIA – Elias; Lucas, Kanu, Aderllan e Jeferson; Rodrigo Andrade (Ramon), José Welison e Lucas Fernandes (Nickson); Neilton, Wallyson e André Lima (Júnior). Técnico: Vagner Mancini.

INTERNACIONAL – Danilo Fernandes; Zeca, Victor Cuesta, Rodrigo Moledo e Uendel (Juan Alano); Rodrigo Dourado, Edenílson e Patrick; William Pottker (Brenner), Lucca e Rossi (Nico López). Técnico: Odair Hellmann.

GOLS – Patrick, aos 24, Aderllan (contra), aos 38, e Wallyson, aos 45 minutos do primeiro tempo; Aderllan, aos 13, e Nico López, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Jeferson, Rodrigo Andrade e José Welison (Vitória); Victor Cuesta e Nico López (Internacional).

ÁRBITRO – Raphael Claus (Fifa/SP).

RENDA – R$ 52.101,00.

PÚBLICO – 5.591 pagantes (5.749 no total).

LOCAL – Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Deixe uma resposta