Nova aposta nacional: modelo foi descoberta no cemitério

Com 1,62m, considerada baixa para os padrões de passarela, a platinada Beatriz Rosa, fechou contrato com a agência Ford e já tem vários clientes de olho. Ela é o que considera-se no meio fashion o ‘talk of the town’ da temporada.

Ao contrário das colegas, descobertas no shopping ou na porta do colégio, ela foi “encontrada” num cemitério de sua cidade natal, Jacareí, ajudando os pais na manuntenção dos túmulos, noticiou o jornal ‘O Globo’.

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up

A jovem trabalhava no local ajudando os pais. Quem viu potencial na new face foi uma senhora que passava por lá e a indicou para sua irmã, que é fotógrafa.

“O trabalho no cemitério é como qualquer outro. Trabalho para ajudar meus pais e também comprar minhas coisas. Nunca tive medo. Desde pequena, eles me ensinaram que erste é o ciclo de vida, por isso aprendi a respeitar muito as pessoas sepultadas ali. Sempre enxerguei como algo normal”, contou com a sabedoria que contradiz a idade que tem.

Deixe uma resposta