Polícia Militar encontra roupas em mala suspeita deixada na área externa do Ministério do Planejamento

Polícia investiga objeto deixado próximo ao Ministério do Planejamento — Foto: Camila Guimarães/TV GloboPolícia investiga objeto deixado próximo ao Ministério do Planejamento — Foto: Camila Guimarães/TV Globo

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Distrito Federal foi acionado, na manhã deste sábado (29), para investigar uma mala preta deixada na área externa do Ministério do Planejamento, em Brasília. Depois de uma hora de operação, por volta das 11h15, os militares descobriram que havia apenas roupas no interior da bolsa.

Durante a averiguação – que também contou com o apoio do grupo antibomba da Polícia Federal –, a área em torno do objeto precisou ser interditada. O local foi liberado com o término da operação.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública do DF informou que o material, inicialmente suspeito, não se tratava de um explosivo e foi recolhido pelas forças de segurança.

Polícia é chamada para investigar objeto deixado próximo ao Ministério do Planejamento — Foto: Arquivo pessoal

Esquema de segurança

Forças de segurança do DF começaram a restringir, na madrugada deste sábado (29), o acesso de pedestres e veículos à área central de Brasília. A sequência de interdições faz parte dos preparativos para a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), na terça-feira (1º).

A Secretaria de Segurança Pública do DF classificou o plano como o maior esquema de segurança já montado para um evento do tipo em Brasília – são mais de 3,2 mil policiais militares, civis, federais e bombeiros, além de integrantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

Os bloqueios acontecem de forma progressiva – a cada dia, mais vias serão interditadas para o ensaio e a montagem da estruturas. Ao fim do evento, quando a Esplanada dos Ministérios já estiver vazia e limpa, todo o perímetro será liberado de uma vez só.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: