Preso rouba arma de PM e mata pedestre em frente à delegacia

Uma troca de tiros deixou ao menos um morto e quatro feridos nesta sexta-feira (21), no centro do Rio de Janeiro, em frente à 5ª DP (Mém de Sá). O homem já estava preso pela Polícia Militar, mas conseguiu roubar a arma de um dos agentes e disparar contra eles na porta da delegacia.

Entre os feridos estão três policiais militares e o suspeito. Não há informações sobre o estado de saúde dos baleados. A vítima fatal ainda não foi identificada.

De acordo com o porta-voz da PM, major Ivan Blaz, o suspeito era um ex-PM, do Rio Grande do Norte, e tinha sido preso por depredação a um dos equipamentos da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), no entorno do Aeroporto Santos Dumont, ainda na região do centro da cidade.

Ao chegar na 5ª DP, onde o suspeito assinaria o registro de ocorrência, ele entrou em luta corporal com um dos policiais militares e iniciou o confronto em frente à delegacia.

O suspeito ainda roubou uma moto em uma tentativa de fuga, mas foi baleado na avenida Gomes Freire, a menos de 100 metros da delegacia.

Vídeos que circulam por aplicativos de mensagem mostram uma policial civil correndo descalça na rua com um fuzil em mãos em frente à delegacia.

Em entrevista à RecordTV, Blaz destacou que dificilmente o suspeito seria preso pelo crime de depredação. “Ele responderia por um crime de dano, um crime leve, mas após cometer esse ato bárbaro, responderá por algo muito mais grave”, concluiu o major.

Procurada pelo R7, a assessoria da Polícia Civil apenas disse que a ocorrência está em andamento.

 

%d blogueiros gostam disto: