Reino Unido pode rever regras de quarentena dos viajantes para estimular economia

O Reino Unido está revendo as regras de distanciamento social e de quarentena aos viajantes para estimular a economia. Neste domingo (14), o ministro das Finanças, Rishi Sunak, sinalizou a possibilidade como uma das soluções para o colapso financeiro causado pela pandemia do coronavírus.

“É importante analisar de modo abrangente, e é isso que faremos com urgência”, afirmou em entrevista à Sky News.

Com o avanço no controle da epidemia, o Reino Unido pôde repensar na regra dos dois metros de distância. Segundo Sunak, muitos empresários estão dizendo que a determinação do distanciamento tem dificultado a retomada das atividades com a mesma produtividade antes da pandemia. Caso a determinação seja alterada, três quartos dos pubs britânicos poderiam ser reabertos, por exemplo. Somente um terço deles tem espaço suficiente para atender o espaçamento entre as pessoas.

Já em relação aos viajantes, Sunak disse que estuda mudar a regra do período de 14 dias de quarentena para os visitantes vindos de determinados países. A reabertura da economia será feita devagar e com segurança, começando pelo setor de varejo nesta semana. Enquanto o hoteleiro está previsto para retomar suas atividades no início do mês de julho.

O Reino Unido registra mais de 41 mil mortes pela Covid-19 e é o terceiro país com mais vítimas fatais. Ele perde apenas para os Estados Unidos, que lideram as estatísticas, e para o Brasil, que é o segundo.

Compartilhe essa notícia
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta