Relembre os celulares mais estranhos

Se você parar para pensar por um instante sobre os celulares lançados nos últimos anos, pode concordar que eles não são assim tão revolucionários em relação ao design. Quem viveu no início dos anos 2000 deve lembrar de como fabricantes e distribuidoras de celulares da época arriscavam nas inovações para seus novos dispositivos.

Você que faz parte desse grupo de pessoas que presenciou ou até teve uma dessas relíquias, deve lembrar do híbrido de celular e vídeo game da Nokia ou do Oi Xuxa, um dos celulares temáticos do Brasil.

Esses e outros celulares fizeram parte da história do mercado ao longo dos anos. Veja na galeria, uma seleção de aparelhos incomuns, de tijolões com telas sem cor e toques polifônicos até smartphones modernos. As informações são do Tech Tudo.

 

Relembre os celulares mais curiosos da História

1. N-Gage – A Nokia tentou unir um celular a um videogame portátil, lá em 2003. O resultado icônico foi o N-Gage, um dispositivo com tela central de 2,1 polegadas e botões nas laterais, incluindo teclas direcionais para ajudar nos games. Mas não era só isso. O aparelho ainda contava com MP3 player, gravador, rádio, e-mails, navegador web e teve franquias famosas, como Tomb Raider, Sonic e Tony Hawk. Com o lançamento do iPhone e a variedade de games na App Store, o telefone da Nokia viu seu fim.

Relembre os celulares mais curiosos da História

2. Celular do Milhão – Para quem lembra do clássico Nokia 3310, houve também uma edição especial do Show do Milhão. Em 2003, O SBT lançou, em parceria com a Nokia e a TIM, o Celular do Milhão, um aparelho que dava a chance de disputar o jogo do programa de TV. O usuário poderia responder perguntas por SMS, e com os pontos acumulados, concorria a prêmios e podia se classificar para participar do programa do Silvio Santos.

Relembre os celulares mais curiosos da História

3. Motorola Flipout – Esse celular da Motorola, lançado em 2010, foi uma das primeiras versões do Android e um design bem diferente. O Flipout era pequeno e tinha a forma de um quadrado com a tela na frente, que podia deslizar e revelar um teclado físico. O smartphone tinha especificações modestas, como memória RAM de 512 MB, armazenamento de 516 MB, câmera de 5 MP e tela de 3,1 polegadas. No entanto, aliadas ao Wi-Fi, 3G, Bluetooth, GPS e a interface Motoblur, o telefone agradou os iniciantes do mundo dos smartphones.

Relembre os celulares mais curiosos da História

4. Samsung Juke – O Juke chegou em 2007, tendo mais cara de MP3 Player do que um telefone. O objetivo da Motorola era focar na experiência musical, com um celular fino e comprido, com uma rodinha para navegação no meio. Quando estava fechado, escondia o teclado e exibia o reprodutor de músicas em uma pequena telinha na horizontal. A memória interna do Juke era de 2GB, tinha câmera VGA, capacidade para 500 contatos e 11 toques polifônicos.

Relembre os celulares mais curiosos da História

5. Nokia 7600 – Tamagotchi? Não, esse é o Nokia 7600, lançado em 2003. A empresa decidiu ousar em termos de design e apresentou um telefone em formato de gota, com a tela no centro e os botões ao redor. Muito revolucionário para a época, o 7600 tinha 3G e uma câmera de 0,3 megapixels. Os consumidores, no entanto, não gostaram muito da experiência de digitar no teclado alfanumérico disposto daquela maneira. Ele não decolou!

Relembre os celulares mais curiosos da História

6. Oi MTV e Oi Xuxa – A Oi entrou na onda brasileira dos celulares temáticos e com foco no público infanto-juvenile. Optou por fazer lançamentos especiais no início da década passada. Para os adolescentes, havia o Oi MTV, um Motorola T190 que trazia conteúdos da emissora, bate-papo, jogos, fofocas, horóscopo e piadas via SMS. Já para os pequenos, o Oi Xuxa, um Siemens A40 que podia ser rosa ou azul, trazia dezenas de opções de capinhas com desenhos, ringtone da música Ilariê, mensagem da caixa postal com a voz da apresentadora e também serviços de piadas e horóscopo. Com preços atrativos, os dois celulares chegaram às lojas em 2002 e ficaram entre os mais vendidos no país pela operadora.

Relembre os celulares mais curiosos da História

7. Haier P7 Pen Phone – A fabricante chinesa Haier criou, em 2004, um celular em forma de caneta. Mas foi somente a forma, já que o P7 Pen Phone não servia para escrever. O dispositivo tinha uma pequena tela colorida, um botão direcional para a navegação pelos menus, bateria com capacidade para três horas de ligações e até uma câmera VGA.

Relembre os celulares mais curiosos da História

8. YotaPhone – Lançado internacionalmente, o YotaPhone é um smartphone russo com duas telas de 4,3”: a tradicional, de LCD, na frente, e uma e-ink, igual às telas do Kindle e outros e-readers, na traseira. Uma segunda versão do smartphone foi apresentado em 2014. Entre as suas especificações, estão um processador dual-core de 1,7 GHz, memória RAM de 2 GB, câmeras de 12 e 1 MP, Android 4.2 (Jelly Bean) e opções com armazenamento de 32 ou 64 GB.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: