Sergio Moro interrompeu as férias para despachar sobre soltura de Lula

Apesar de ter divulgado um despacho contestando a decisão do desembargador Rogério Favreto, que determinou a soltura do ex-presidente Lula, o juiz Sergio Moro está oficialmente em férias e, portanto, afastado de suas funções na 13ª Vara Federal de Curitiba, no Paraná.

Segundo o jornal “O Globo”, o site da Justiça Federal mostra que o período de férias do magistrado começou no dia 2 de julho e vai até 31 de julho.

No entanto, Moro continua trabalhando. Na terça (3), por exemplo, o magistrado cancelou o uso de tornozeleira do ex-ministro José Dirceu.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região divulgou uma nota informando que Moro, por ser citado como autoridade coautora no Habeas Corpus, entendeu que seria possível despachar no processo, e que, se as partes se sentirem prejudicadas, poderão recorrer.

Segue nota na íntegra:

“A Assessoria de Imprensa da Justiça Federal do Paraná esclarece que, consultado, o juiz federal Sergio Moro informou que está em férias de 2 a 31 de julho. Por ser citado como autoridade coatora no Habeas corpus, ele entendeu possível despachar no processo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *