Servidor do Ministério da Ciência e Tecnologia, assassinado na BR-020, foi morto por ‘amigo de bar’, diz polícia

A Polícia Civil do Distrito Federal informou, nesta quinta-feira (5), que Reginaldo Fernandes Guedes, de 54 anos, encontrado morto na BR-020, foi assassinado por um “amigo de bar”. Segundo o delegado Eduardo Chamon, da 16ª Delegacia de Planaltina, o servidor do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) foi vítima de latrocínio – roubo seguido de morte.

“Ele estava com uns amigos em um bar Vila Buritis, em Planaltina. Depois, a vítima e mais três pessoas decidiram ir pra Sobradinho beber em outro lugar. No meio do caminho, o suspeito ,de 21 anos, anunciou o assalto”, disse o delegado.

“Reginaldo foi morto com, pelo menos, de 49 facadas.”

De acordo com Chamon, “as outras pessoas que estavam no carro correram, no entanto, Reginaldo Fernandes e o assaltante começaram a discutir no canteiro central da BR-020.” O policial disse ainda que o suspeito fugiu com o carro da vítima.

Cerca de 100 metros adiante, o jovem perdeu o controle do carro – provavelmente ao bater em outro veículo – e capotou.

Deixe uma resposta


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/brasilno/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757