Soldado de folga mata homem no Costa Azul; ele alega legítima defesa

De folga, um soldado da Polícia Militar (PM), que não teve o nome divulgado, matou um homem a tiros, na noite de quarta-feira (9), no bairro do Costa Azul, em Salvador. Lotado na 37ª Companhia Independente da Polícia Militar (Pero Vaz), segundo a PM informou, através de nota, o policial afirmou que agiu em legítima defesa. O fato aconteceu por volta das 23h45 na rua Artur de Azevedo Machado.

A PM informou que uma viatura das Rondas Especiais da PM (Rondesp) fazia o patrulhamento no Costa Azul, quando escutou disparos de arma de fogo em uma das ruas do bairro.

Ao chegarem no local, eles identificaram um policial militar que relatou ter sido ameaçado com uma arma de fogo por um homem e, segundo ele, para se defender, atirou contra o autor da ameaça.

O homem baleado – que não foi identificado –  chegou a ser encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu.

De acordo com o boletim de ocorrência do posto da Polícia Civil do Hospital Geral do Estado  (HGE), um homem de aparentemente 35 anos deu entrada na unidade de saúde depois de receber um tiro na cabeça, na Rua Arthur Azevedo Machado, Costa  Azul.

Ainda de acordo com o boletim, a vítima foi socorrida por uma viatura da Rondesp Atlântico. Segundo relato de policiais, a vítima praticava um assalto na via. Após ser abordado, reagiu atirando contra o policial.

Com a vítima, ainda de acordo com relatos de policiais, foi encontrado uma da marca Taurus calibre 380 e um carregador com 12 projéteis.

O policial militar envolvido no caso foi conduzido para a corregedoria da PM, onde o fato foi registrado. O registro do fato também foi feito no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *