Terceira edição da revista de arte erótica “Nin” traz Débora Nascimento nua na capa

O barrigão de Débora Nascimento já não existe mais; sua filha, Bella, nasceu no mês passado. Mas é a atriz quem estampa a capa da terceira edição da revista de arte erótica “Nin” (Editora Guarda-Chuva), da dupla Alice Galeffi e Letícia Gicovate. Aos oito meses de gestação, ela posou nua para as lentes da fotógrafa Larissa Lax. Sempre com um assunto norteando a publicação (que estreou com a musa pornô Ilona Staller a.k.a. Cicciolina e seguiu com a top trans Camila Ribeiro) traz, desta vez, o tema da maternidade.

 

— A primeira edição era um momento de nascimento, apresentação ao mundo e aprendizado. Na segunda, vivemos o auge da juventude, com uma edição mais rebelde, trazendo temas e conteúdo mais forte e questionador. Agora, na terceira, a revista trata da beleza da maturidade, da potência da maternidade e da dicotomia da gravidez, que envolve a imagem sagrada da mãe e o sexo profano. Trazer uma grávida na capa é um desejo antigo — comenta Letícia.

No recheio da revista, ensaios de arte e textos sobre feminismo e feminino. Tem uma conversa com o rabino Nilton Bonder sobre o papel da mulher e os arquétipos femininos nas religiões Monoteístas; um relato sobre a sexualidade no Irã antes do fundamentalismo islâmico assinado pelo jornalista iraniano baseado no Canadá Joobin Bekhrad; a interpretação da beleza do envelhecimento pelas pinturas da americana Joan Semmel; e o olhar irônico da artista feminista muçulmana Sarah Maple. Trabalhos das artistas brasileiras Vivian Caccuri, Julia Debasse e Gabriella Garcia também estão nas páginas do livro que tem como mote a ótima frase “naked for no reason”.

O lançamento será na próxima quarta-feira, na Casa Soma, no Jardim Botânico, e terá ainda a apresentação da bolsa feita em colaboração com a marca carioca Verkko, dos estilistas Thais Delgado e Ezo Evy, ilustrada com um desenho da artista plástica Iléa Ferraz.

Deixe uma resposta