Cruzeiro fez acordo de pagamento de comissão a agente por garoto de 14 anos; operação é proibida pela Fifa

Em uma das operações realizadas na base, ano passado, o Cruzeiro buscou no América-MG o garoto Vitor Roque, de 14 anos. Nela, o clube mineiro fez um acordo para pagar R$ 500 mil ao empresário André Cury, por meio da empresa Link Assessoria Esportiva e Propaganda LTDA, a título de intermediação pela ida do garoto. Cury é um dos representantes do jovem atacante.

O valor do pagamento consta em uma planilha de pagamentos do Cruzeiro por intermediações, entre 2015 e 2019, obtida pelo GloboEsporte.com, em que constam mais de 70 operações com diversos empresários de atletas. O documento mostra que o valor nunca foi pago pela Raposa ao agente.

Este tipo de operação é proibido pela Fifa no artigo 6.8 do “Regulamento sobre Relações de Intermediários da FIFA”, em que diz que “jogadores e/ou clubes que contratam os serviços de um intermediário ao negociar um contrato de trabalho e/ou um contrato de transferência são proibidos de fazer pagamentos a esse intermediário se o jogador em questão for menor de idade, conforme definido no ponto 11 da seção Definições do Regulamento sobre o Status e Transferência de Jogadores”. A Fifa considera jogadores menor de idade aqueles atletas menores de 18 anos.

Regulamento Nacional de Intermediários da CBF sobre comissões em relação a menor de 18 anos — Foto: Reprodução

Regulamento Nacional de Intermediários da CBF sobre comissões em relação a menor de 18 anos — Foto: Reprodução

Deixe uma resposta


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/brasilno/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757