Homem e atual mulher acusados de agredir e causar aborto da ex dele enfrentam júri popular

Um casal enfrenta júri popular na manhã desta sexta-feira (6) pela acusação de agredir uma mulher e provocar o aborto dela, em Goiânia. Segundo a denúncia, Paulo Henrique de Moura Fernandes e Yahne de Sousa Santos são responsáveis pela perda do bebê de uma esteticista, de 38 anos – que prefere não se identificar – em 2015. A vítima é ex-mulher de Paulo, que era o pai da criança. A defesa dos réus nega que eles agiram com intenção de causar o aborto.

O casal, que responde em liberdade, não compareceu à sessão, que é presidida pelo juiz Jesseir Coelho de Alcântara.

Segundo a denúncia, a vítima foi agredida pelo casal quando estava no 5° mês da gestação à espera de um menino. Ela contou que foi atingida com chutes na barriga e golpes de capacete na cabeça por Yahne, enquanto era imobilizada por Paulo. Emocionada, ela desabafou no tribunal.

“Eles estão soltos, foram para os Estados Unidos. Desde então, eles já me falaram várias vezes que o processo não ia dar em nada, que eles não ficariam presos. Infelizmente é verdade. Eu que vivo com medo, com pânico, ansiedade. Eu é que estou presa”, contou, emocionada.

Um dos três advogados dos réus, Thiago Ferreira disse que pretende provar, durante o julgamento, que seus clientes não tinham intenção de causar o aborto.

“A defesa pretende provar que não aconteceu como está na denúncia. Vamos mostrar as contradições e que o aborto foi causado como consequência da ação da vítima”, explicou.

Segundo o magistrado, o caso foi registrado inicialmente como uma lesão corporal, mas foi mudado para indução de aborto.

“O caso julgado hoje é de aborto sem o consentimento da mãe, que é a modalidade mais grave, causado por chutes na barriga. A pena é de 3 a 10 anos”, explicou

Alcântara também afirmou que a defesa pediu autorização para que os réus não fossem ao júri. O magistrado disse que concedeu porque este é um direito deles.

Deixe uma resposta


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/brasilno/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757