Ivete arrasta multidão do Espanhol ao Farol no último dia do Festival da Cidade

Se Salvador fosse uma pessoa, seria daquelas que começam a festejar o aniversário à meia-noite da data original e só param 24 horas depois. Cidade da música, a primeira capital do país ficou oficialmente mais velha na última sexta-feira (29), mas a festança se estendeu até este domingo (31), do jeito que o baiano gosta: atrás do trio elétrico – puxado por ninguém menos que a mamãe Ivete Sangalo.

O aguaceiro que caiu na cidade do final da manhã ao início da tarde até tentou, mas não foi páreo para a disposição da multidão que, entre o Clube Espanhol, em Ondina, e o Farol da Barra, mostrou por que em Salvador o ano só começa depois do Carnaval – neste caso, um tanto quanto refletido neste último dia de Festival da Cidade. 

(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

O Festival da Cidade está em sua sétima edição e, de novo, levou música teatro, além de outras manifestações artísticas, a mais de 20 bairros da capital, tudo em comemoração ao aniversário da capital baiana. Teve Léo Santana, Solange Almeida, Saulo, Daniela Mercury e até artistas do outro lado do atlântico nos parabéns da baianinha.

Diante do mar de gente, Ivete compartilhou o microfone com líderes dos blocos afro, em alguns pontos, até o Farol. Com a descontração de sempre, a cantora reafirmou a felicidade de cantar na capital e de celebrar com os baianos. Aos fãs que, em polvorosa, cantavam e pulavam sem parar, mandou um recado: “Mainha gosta assim”.

error: Conteúdo bloqueado
%d blogueiros gostam disto: