O relato de um médico: “Estamos sendo enviados para a morte”

Trata-se de uma pequena cidade localizada no nordeste da Romênia, fronteira com a Ucrânia. Suceava tem uma população com cerca de 100 mil pessoas, com 33 mortes registradas pelo novo coronavírus.

Esssa cidadezinha romena é o epicentro da Covid-19 no país, sendo que dos 3.894 casos a nível nacional, 866 estão localizados em Suceava.

Um quarto dos infectados nesta cidade são médicos e enfermeiros, que renunciaram em massa a continuar exercendo suas funções. As autoridades de saúde acusam os dirigentes locais de não fornercer equipamentos que posso garantir a segurança dos profissionais de saúde.

“Fomos enviados para a morte”, desabafou um médico local, em declarações reproduzidas pelo diário francês Le Monde. “Sem luvas, sem máscaras, uma escassez gritante de desinfetantes e de outros produtos. Nada, não temos quase nada”, ressaltou.

O profissional ainda continuou: “Como tratar os doentes? Nós somos médicos, não mágicos”.

Deixe uma resposta


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/brasilno/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757