Presidente do Bahia diz que Rodriguinho chega com salário menor do que tinha no Cruzeiro

A cada ano, o Bahia tem se consolidado como um clube que leva a sério a responsabilidade financeira. E, apesar de ter ido ao mercado e ter apresentado, nesta segunda-feira, o meia Rodriguinho, não há previsão de custos em excesso para esta temporada.

Nesta segunda, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, conversou com o GloboEsporte.com no Rio de Janeiro e revelou que conseguiu diminuir bastante o valor dos salários de Rodriguinho, já que a quantia ele ganhava no Cruzeiro estava além da capacidade financeira do Bahia.

– Ele veio por menos da metade do que tinha. A gente esperou ele se desvincular do Cruzeiro. Negociamos, fizemos a proposta. Ele já vinha desejando jogar no Bahia, vinha mostrando que queria. A gente tem convencido o jogador mais pelo projeto de clube do que propriamente pelo dinheiro. Se for para entrar na disputa pelo dinheiro, a gente normalmente perde dos outros – explicou.

Bellintani ainda falou sobre a possibilidade de contar com Éderson, negociação que movimentou diversas especulações há algumas semanas. Segundo ele, no entanto, os valores são altos demais para o clube baiano.

– Muito difícil, porque os valores não estão compatíveis – relatou.

Deixe uma resposta


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/brasilno/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757