Zagueiro coloca o Cruzeiro na Justiça e pede R$ 35 milhões; rescisão de contrato foi negada

Um dos jogadores de maior destaque do Cruzeiro nos últimos anos, o zagueiro Dedé tenta rescindir seu contrato com o clube, que vai até o final do ano, na Justiça. O defensor acionou judicialmente o clube mineiro, alegando  “falta grave do empregador”, mas teve o pedido de rescisão negado.

O jogador alega que está com 10 meses de salário em atraso “referente ao fraudulento contrato de cessão e uso de imagem” (R$ 300 mil mensais), além de seis meses sem receber de salários fixos na carteira (R$ 450 mil mensais) e mais quatro meses sem receber o depósito do FGTS.

Na tabela apresentada, somente de atrasados salariais do Cruzeiro, contando os direitos de imagem, são R$ 13.782.000 em atrasos com o jogador. De 13º atrasado, Dedé cobra R$ 1,032 milhão e mais R$ 1.045.333,32 sobre férias. Dedé também aponta ainda o detalhamento dos atrasos salariais e também de atrasados ainda de 2019, ano do rebaixamento do clube.

Dedé ainda pede R$ 10,5 milhões a título de cláusula compensatória “em decorrência da rescisão indireta do contrato de trabalho por culpa exclusiva da Reclamada (atraso nos salários –mora contumaz configurada)”. O valor total da causa ultrapassa 35 milhões de reais, onde também inclui R$ 3,75 milhões por danos morais.

 

Foto: Reprodução

Fonte: BNews

Deixe uma resposta


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/brasilno/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757